segunda-feira, julho 17, 2006

bloguices

sinto que este blog se está a tornar mais e mais desinteressante de dia para dia. sinto que já esteve em melhor forma. questiono-me porquê e percebo que ando sem tempo nem cabeça para mais do que pequenos registos de factos que não quero esquecer. percebo que quando tenho tempo de vir ao pc prefiro ler a vida dos outros do que reflectir sobre a minha.

e tenho pena. porque os posts que considero verdadeiramente importantes ficam-me na cabeça, mentalmente delineados quando finalmente me deito e esquecidos no dia seguinte.

11 comentários:

Sophie disse...

Para começar, não está nada desinteressante, ok?

Pode parecer, a ti, que tens pouco tempo, estás cansada ou com preguiça para escrever, mas para nós está óptimo. Esses pequenos registos deliciam-nos.

Eu também tenho alturas em que não me apetece escrever nada. Só ler.

Alda disse...

Inês,
eu adoro ler, adoro escrever e perco-me (literalmente) nas palavras. Mas há uma coisa que ninguém pode negar: nenhuma frase é mais bonita e INTERESSANTE do que a que nos vem do coração. E é daí que surgem todos os teus posts, não é? :)

Um grande beijinho.

Marga disse...

Só para que conste: continuo a gostar muito de te ler!!!
bjokas

Cristina disse...

Identifico-me plenamente com este teu post...infelizmente.

pal disse...

Acredita nisto: neste momento talvez seja mesmo importante que fiquem apenas os registos. E quando tiveres maior disponibilidade, vais ver que as reflexões sobre os "grandes temas" te vão sair mais ponderados e mais pensados e mais... reflectidos!!

Vai valer a pena esperares(mos).

Hold Me disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
LP disse...

Às vezes também sinto isso em relação ao meu. Olha, são fases...

ni disse...

don't we all, my dear?

;o)

MC disse...

Acontece-me o mesmo...mas adoro vir aqui. Beijinho. :)

Tânia disse...

Tenho a mesma sensação imensas vezes... Mas acho que não passa mesmo disso, de uma sensação.
Bjs

Alice disse...

Comigo é igual. venho no carro a pensar e faço lindas frases. Lembro-me de milhentos pormenores. Qd chega a altura de escrever já esqueci tudo . Até já pensei andar de caderninho para anotar estas inspirações. héé Héé
Mesmo assim eu gosto muito de cá vir. Beijos