sexta-feira, abril 25, 2008

sempre.

(também) porque hoje as comemorações não serão na avenida mas sim na casa de um menino que faz dois anos (parabéns!!), ontem fui com a minha mãe e mana ao jantar da ass. 25 de abril. que carga emocional tão grande. que clima de fraternidade. que comunhão de ideais.

há quem já não se interesse, há quem sinta que já não vale a pena.

valerá sempre a pena, meus amigos. porque os ideais de abril podem não se ter cumprido mas está na nossa mão, dia a dia, ir abrindo caminho e fazendo a diferença.

nós. dia a dia.

25 de abril. sempre.

(e este dia passa a ser ainda mais especial pelo meu pai. de quem senti tanta falta a noite passada...)

4 comentários:

DoCeu disse...

Sempre, Prêtjinha!!!
De cravo ao peito

Alecrim disse...

Um beijinho, linda Inês!

Anónimo disse...

Tão poucos comentários?!

Não gostei! (mas talvez a culpa tenha sido do fds alargado...)

Costinhas disse...

sempre mesmo!

E ter um filho nascido neste dia tão importante para nós ainda me faz relembrar com mais intensidade o que ele significa.

(obrigada pela companhia!)