sábado, setembro 06, 2008

a reflectir.

"(...) When I catch myself parenting in ways I am not proud of, I must ask, can I afford to be half-hearted about this role? On the worst days, parenting becomes mere time-filling before reaching some moments to myself."

(Buddhism for Mothers of Young Children - Sarah Napthali)



espero que estas palavras, do meu livro de cabeceira, não me voltem a fazer tanto sentido como fizeram quando as li antes das férias começarem. prometo que vou fazer tudo por tudo para que os nossos momentos sejam realmente nossos e não da irritabilidade, da falta de tempo e da pressa...

os meus filhos regressam hoje e eu vou ali à minha aula de yoga para me preparar ;)

8 comentários:

mother_24 disse...

Ai... nem me fales, eu este FDS devo ter passado metade do tempo a ralhar, acho que essa da yoga me ia fazer bem... ou na volta a medidatação, vou começar já...

AHMMMMMMMMMMMMMMMM
AAAHHHHMMMMMMMMMMMM...
AAAAAAAAHHHHHHHHMMMMMMMMMM....

Prontos já tou melhor :D

jocas gaja

Monica disse...

Identifico-me com este teu post...
Beijocas

Luz de Estrelas disse...

Ando com um cansaço extremo agarrado a mim. Às vezes acho que nem me vou conseguir mexer mais. Tb preciso proporcionar umas cambalhotas e meditações à minha alma. :D As férias fizeram-te bem, pelo menos soas bemmmmmmmmm

Zuza disse...

ui ui. e as pausas na maternidade servem mto bem para nos centrarmos na maternidade que queremos.

confuso? :PP

Mãe Babada disse...

este excerto de facto resume de forma brilhante as muitas vezes que assim me sinto... a Maternidade é uma dádiva tão boa, mas ao mesmo tempo tão esmagadora que há dias que só penso em ter um pouco de tempo para mim, para me encontrar.

Por vezes os pensamentos que deveriam ser maternais, são-no tão pouco, e a culpa atinge-nos como uma valente chapada na cara...

Abraço

ana disse...

que o regresso deles traga só coisas boas, mesmo nos maus momentos.

Susie disse...

Também houve muitos momentos assim, muitos mesmo...agora também os há, mas felizmente são mais raros. Espero que as férias tenham servido para descansar a cabeça.

Que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu e agiu assim...

nana disse...

" Buddhism for Mothers of Young Children "?...

:o)))

e que tal?

XXxx