domingo, novembro 29, 2009

Mega neura em duas frases:


hoje fui levar o Diogo à festa de anos de um colega no Funland local.

quando lá chegámos descobrimos que a festa foi ontem...





(estou danada comigo mesmo. danada, danada. e não vou esquecer tão cedo o beicinho dele quando lhe expliquei o que aconteceu...)

9 comentários:

Dorushka disse...

Deixa lá, acontece... nós mães, na nossa ânsia de querermos ser super e de acharmos que conseguimos fazer tudo, de vez em quando falhamos. E isso é natural. Claro que ele agora está muito triste, mas isso passa-lhe, não te apoquentes. E pensa que há coisas bem piores...

Mother_24 disse...

xiiiiii que mau!

Mas acontece, eu foi com uma reunião na escola dele!

jocas

Mar disse...

:(

O que vale é que eles perdoam tudo!

fénix renascida disse...

Venho falar-te de duas petições que tenho online:

A primeira petição pretende que, em caso de separação, a guarda dos filhos seja confiada à mãe, excepto os casos em que esta não tenha, comprovadamente, capacidades nem o MÍNIMO de condições, ou a criança expresse uma vontade contrária. Está em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575



A segunda pede que se criem melhores condições nos espaços públicos, atendendo às reais necessidades de toda a pessoa deficiente, pois que, como cidadão comum, deverá gozar dos mesmos direitos. Está em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N134



Desde já agradeço a sua atenção.

Mãe desnaturada disse...

Quando isto me acontece confesso que cedo às compensações (normalmente não materiais), eles esquece e eu não culpabilizo tanto...

Convido-te para dares uma vista de olhos no meu novissimo blog http://apanhadanacurva.blogspot.com/

NoMoreCry disse...

Olá, Inês.
Embora seja uma leitora assídua, creio que nunca comentei...
Ao ler o post dei por mim a recordar algumas situações que me aconteceram até aos 10 anos. Uma delas, a mais marcante, foi quando os meus pais se esqueceram de me ir buscar à escola, tinha eu 8 ou 9 anos, pois cada um deles pensava que naquele dia essa tarefa cabia ao outro. Às 20h estava eu à porta, à espera que me fossem buscar, com a senhora que fechava a escola...
Estas falhas custam, mais aos pais do que aos filhos, mas por outro lado é uma forma deles perceberem que os pais também falham, também erram. Esta aproximação dos pais ao "real" creio que acontece mais tarde do que os 4 anos, mas não se preocupe que ele, ainda para mais tendo explicado a situação, ele perdoa. E estas situações também servem para ele crescer enquanto pessoa.

Em segundo lugar, peço-lhe imensas desculpas, mas tenho de comentar a primeira petição a que a fénix renascida fez publicidade... Não me parece minimamente justo, até porque para entregar a guarda de uma criança a quem quer que seja, há que pesar muitos factores, não é apenas por se ser mãe e se ter o mínimo de condições que isso deve acontecer. Deve haver termo de comparação e pensar no que é melhor para a criança... Claro que há casos em que a permanência com a mãe é indiscutível, mas o pai também terá uma palavra a dizer sobre o assunto, na minha opinião...
Mais uma vez desculpe...
Espero que o Diogo supere essa tristeza bem depressa!

inesn disse...

NoMoreCry, concordo a 100% sobre o que diz relativamente à petição :)

LoveXL disse...

tadinho... espero q eskeça o episódio bem rapido!!!

Anónimo disse...

La ringrazio per intiresnuyu iformatsiyu