quinta-feira, fevereiro 23, 2012

blooming




quando investimos num novo projecto (e eu não o fazia há muito), ainda para mais um projecto nosso (primeira vez que o faço), todos os dias vivemos num carrossel de emoções. há aqueles dias em que tudo parece correr bem e em que temos a certeza de que vamos atingir todos os nossos objectivos mas há também aqueles em que nos interrogamos vezes sem conta e deixamos que as incertezas tomem conta de nós.

ando a aprender a valorizar os primeiros e a ultrapassar os segundos sem que este deixem grandes marcas...é um processo difícil mas que tem que ser levado a cabo (sob pena de sucumbirmos antes mesmo de nos lançarmos).

18 comentários:

akombi disse...

Eu tenho mto receio de me aventurar, marido não ele que nunca se habituou a rotinas e a patrões. Já há 13 anos que trabalhamos juntos, fui obrigada a isso desde que as mnhas filhas nasceram e acho que compensa tudo, as incertezas, dores de cabeça, stress, etc, sinto que consigo dar tudo de mim em dois sentidos, trabalho e familia, a nivel da sociedade é que me sinto triste e por vezes revoltada é que sou mtas vezes como que julgada por viver áconta do marido qd eu farto-me de trabalhar, correr, enfrentar o dia e dividir-me entre inumeras funções.

Os tempos não estão fáceis, e este ano inicio ao contario do ano passado que tivemos o melhor ano a nivel laboral, com mtas quebras,o mercado está a ficar saturado ( aqui área da jardinagem), estamos sem fornecedores ( mtas empresas a fecharem outras optam por não ter vendedor que para nós torna-se complicado a nivel das regas qu estamos a ver que não estão a compensar).

Desculpa o testamento, mas como resumo deixo-te umas palavras- FORÇA, NÂO DESISTAS,SORTE, MTA SORTE. ( e com ouvi alguém dizer " diz a filosofia chinesa que é em tempos de crise que se fez as grandes fortunas".....eu já só peço uma pequnina fortuna (¨,) )

inesn disse...

obrigada :))

Ana disse...

E vai correr bem! :)

Os dias menos positivos servem para nos empurrar, para nos fazer andar para a frente, muito mais do que aqueles em que corre tudo como esperamos. É um processo. De crescimento e de conhecimento. E só pela viagem vale a pena!

As maiores felicidades, Inês! As maiores!

Laura disse...

a mim acontece-me estar tão contente por ter um novo interesse a preencher o que me faltava, que por vezes penso que estou a exagerar no entusiasmo. mas acho que estou bem, mesmo nos dias que me vou abaixo...
força Inês! com amor e dedicação tenho a certeza que vais criar algo de muito bom :)

beijinho

Helena Barreta disse...

Desejo-lhe muitos sucessos, boa sorte e as maiores felicidades.

DoCeu disse...

Abaixo as dúvidas!
Tarmos contigo e com a tua luta| :)
Muntas bêjocas

Francesca disse...

Boa SOOOOOOORRRRRTTTTTTEEEEEE!!!!
E nunca desistas. Há sempre dias menos bons, mas a automotivação ajuda-nos a ultrapassá-los :)

Bjocas

Luna disse...

Eu aventurei-me á mais de 10 anos atras, ainda era solteira, ser empresário ter empresa hoje em dia não é fácil, muitas obrigações muitas dores de cabeça, senão principal não há horários definidos para nada, tenho saudades ter fds descansada em casa com marido e filhos, já nem falo num fds fora isso é mesmo uma miragem. Confesso não gostasse que faço acho que já tinha mandado tudo ás urtigas.
Tens um dom nas mãos Inês aproveita-o e explora-o, claro no inicio as coisas não vão parecer faceis, mas depois vão melhorar os clientes vão aparecer, só conhecerem o teu trabalho. Boa sorte!!!
bjinhos

Anónimo disse...

Como já te disse em outras circunstâncias e inseguranças - Já te vi a mudar a fr... por isso SEI que vais conseguir todo o SUCESSO do MUNDO!
C.

Anónimo disse...

Minha querida Inês, desejo as maiores felicidades nesta fase da tua vida.
Admiro-te muito, sabes??
Fátima Louro

Cláudia disse...

Estou a gostar de ver :)

Beijinhos

Cláudia disse...

Estou a gostar de ver :)

Beijinhos

mãe disse...

Olha lá, Inês Maria, eu que por aqui ando às voltas com a horta que finalmente arranjei, pergunto: mas tu compraste uma máquina de tricotar ?? E onde ?? e por quanto ?? e sabes trabalhar com ela ??? e onde aprendeste ??? e fazes coisas para os miúdos ??? e , e , e ??? eu tb queria... porque fazer à mão é fixe e tal, mas já não dá tempo... entre horta, trabalho e faculdade... mas uma máquina... hehehe...bem, no meio do meu desvario, desejo-te boa sorte e fico à espera de ver os frutos que se seguem à flor. :)

inesn disse...

querida mãe do último comentário...envias-me um email? e já agora relembras-me quem és que eu não estou a dar com a coisa :)))

Mãe ao quadrado disse...

Só te posso dizer é que NÂO DESISTAS! pá é verdade estamos em crise a coisa está preta o mercado trabalho tá de mal a pior... mas faz falta pessoas como tu q mandam a crise aos porcos e avançam com os seus sonhos... força pariga!

Rita Quintela disse...

felicidades!!!!!

Rita (a minha pequena lua) disse...

vai dar certo. eu admiro muito quem tem esta coragem... gostava de a ter também...

rosinha_dos_limoes disse...

Maravilhoso! Força para os momentos mais dificeis!