quarta-feira, setembro 12, 2012

inspira, expira e escreve..


como sabem tirámos os miúdos do Colégio e começam esta semana na escola pública; felizmente a minha vizi-amiga tem a filha também na escola e tem-me dado dicas sobre tudo e mais alguma coisa (listas de material, lanches, almoços, etc). a sara tem a apresentação amanhã e o diogo na 6ª mas só ontem soube qual o horário que vão ter e qual o material a comprar. também só ontem soube que não tinham vaga no ATL da ass. de pais. isto significa que se eu estivesse a trabalhar teria que arranjar em 3 dias um ATL decente com vagas para eles... como não estou e não se prevê que volte a estar tão cedo, ficarão comigo em casa nos períodos não lectivos que, no caso da escola deles, são muitos: só têm aulas até às 13h e as AECs só existem em dois dias por semana. isto significa que ficarão comigo 3 tardes o que poderia prejudicar o meu trabalho no tricot...MAS...não vai prejudicar porque provavelmente dedicar-me-ei apenas às encomendas que for tendo na página do FB da Ervilha porque a empresa para onde iria trabalhar paga contra recibo e eu não aceito trabalhar a recibos verdes nas condições actuais. neste momento ponderamos, se surgir alguma oportunidade, ir para outro lado. e garanto-vos que não digo isto da boca para fora (há uns meses atrás recusava-me determinantemente a pensar na hipótese de emigrar).


ando triste, desiludida, cansada e outras coisas mais. talvez por isso também não me apeteça postar aqui...nesta fase só sai o que é negativo e eu isso também não quero.


como é da praxe dizer...melhores dias virão.

9 comentários:

Ana disse...

..... xxxxxx

amora disse...

eu ando apreensiva, nem sei bem o que pensar disto tudo, da situação em que muitas famílias estão... não sei que volta tem isto que dar. tenho muitos dias que me preocupa o futuro, saídas profissionais para mim não vejo, só mesmo a possibilidade de criar algo meu, e nem sei bem como, talvez ir vivendo um dia de cada vez e aproveitar os dias da melhor forma.

beijinho e pensamento positivo :)

gralha disse...

Faz o mesmo que eu tenho feito nos últimos dias: quando nada mais faz sentido, abraça-te aos filhotes, ao marido, aos amigos. Espero que não tenhas de ir-te embora, se não for essa a tua vontade, e que não te tirem essa riqueza que é o carinho das pessoas mais importantes. Beijinhos e coragem!

Luna disse...

POis pondera bem a decisão, tua situação não está nada fácil aqui em Portugal, se for para ir sitio diferente para as coisas mudarem para melhor e tiveres lá alguem conhecido arrisca sim. força Inês!bjinhos Positivos

Patrícia disse...

esperemos que sim Ines ... mas estou muito triste com a situação que vivemos .... beijinhos

Francesca disse...

Como eu. À primeira oportunidade de ir para fora, vou! Já não aguento

http://mefrancesca.blogspot.com

rosinha_dos_limoes disse...

Só me ocorre mandar-te beijinhos! ****

Eva Lima disse...

Estou exactamente na mesma situação e começa a ser difícil manter o optimismo.
Tem cuidado com as encomendas online de peças de tricot, já fiquei a arder uma vez na totalidade (incluindo despesas de envio e materiais) e outra da metade final.

Bjs

InêsN disse...

Obrigada a todas ♥

(E obrigada pela chamada de atenção, Eva)