segunda-feira, março 26, 2007

na onda de alguns posts que tenho lido por aí...

eu, quando tenho muito sono, consigo ser uma bela merda de mãe.

(dar um "açoite" no rabo da miúda porque ela está tão cansada que não consegue dormir é do mais estúpido que há...)

16 comentários:

Morena disse...

Eu é mais quando estou cansada do monte de birras que ela tem feito... ninguém é perfeito!
Bjinhos

InêsN disse...

nem eu aspiro a isso, morenita ;o)

(ser perfeita deve ser BORING!)

Sophie disse...

É, não é?
Mas, olha, é a vida!

MC disse...

pois ... eu às vezes também me descontrolo. aspirar a ser perfeita? nem que eu quisesse ... não dá, não dou para isso. De vez em quando sou até um bocado para o histérico ... Harg ...

Ana A. disse...

mas anda tudo com dúvidas existenciais?...dasse! Hás-de ler o penúltimo post do "Luar"...
a vida é mm assim, e por vezes, resvala-nos a mãozinha para a palmada pedagógica...

Cocas disse...

É bom ver que há pessoas como nós.

Beijinhos
Cocas

Margarida Atheling disse...

Não estás a ser muito severa contigo, Inês?!
És "só" humana! E ainda bem! :)

Bjs e procura dormir um bocadinho!

Monica disse...

hgSendo assim, aqui a estúpida de vez em quando também tem umas semelhantes... ;)
É assim 'miga, as Mães também são humanas :)
Beijocas

patrícia disse...

sei que pouco ou nada te consola,mas tb já me aconteceu

Mãe Frenética disse...

Eu cá acho q uma palmada sem dor deve ser interpretada como: "tu não me ouves, não me queres ouvir e eu vou chamar-te à atenção."

É assim. Não é para educar, é para trazer à realidade.
Foi isso q tu fizeste.

Não é por acaso q em ataques de ansiedade ou de nervos os médicos aconselham a dar um par de estalos ao doente.

O q eu acho é q andamos todas a querer ser Super-Mulheres e Super-Mães e não admitimos as nossas falhas nem as perdoamos.

Sónia disse...

Acontece, pá!

Ao fim ao cabo não somos de ferro, né?

Patrícia M disse...

Somos Mães. Ponto.
E fica tudo dito...

Catarina disse...

fico mais descansada...ainda ontem fiz o mesmo...ups!

Anónimo disse...

Como eu te ententendo...

Ás vezes quando o vejo/admiro a dormir dou por mim de lágrima no olho "cheia" de remorsos por ser tão impaciente...:(

É mais forte que eu, pensei que seria mais permissiva mais paciente mas quando chega a prática tudo é diferente e chego mesmo a desiludir-me MAS...quando falo c/ outras mamãs fico um poquinho aliviada, são normais estas nossas atitudes, concluo que todas nós temos os nossos momentos menos bons como em tudo na vida.

Beijinhos grandes Inês

Patrícia+Gustavo (22meses)

sil disse...

Então o que é que eu sou???
O Afonso de 30 meses, odeia dormir... Tenho alturas que desespero, e faço tudo ao contrário: ralho, grito até, conclusão berraria e ainda mais acordado...

De teorias está o mundo cheio e quem as escreveu não devia de ter filhos ou então não era um ser humano...

Bjos

barbarayu disse...

o que acontece é que alguns posts espelham vidas cor-de-rosa que não coincidem com a realidade ;)

beijos... muitos!

Bárbara Yu