sexta-feira, agosto 29, 2008

ressaca emocional


é isso. desde há dois meses para cá que tenho vindo a acumular um cansaço enorme e acho que cheguei a um limite qualquer do qual não tenho conseguido sair. ando irritadiça, stressada e sem vontade para nada...nem sequer para os meus filhos. e foi a percepção desta realidade nua e crua que me fez parar e pensar. tentar perceber o que se passa.

os últimos três anos da minha vida viraram-na de cabeça para o ar: em 2005 nasceu o diogo, em 2006 a sara e em 2007 perdi o meu pai. e este ano parei, absorvi tudo e derrapei. e sinto-me literalmente num estado de ressaca emocional. e não tenho sabido lidar nem com o cansaço, nem com a tristeza, nem com este vazio que me parece querer apanhar de vez em quando.

e tornei-me, sem qualquer dúvida, numa pior mãe. uma mãe sem paciência quer para as coisas más quer para as coisas boas. as birras, as conquistas, as noites mal dormidas, os medos do diogo...tudo levado sem paciência, sem alegria, sem entusiasmo. e eles merecem mais. e eu mereço mais. e sabendo que aquilo que eles são reflecte, também, aquilo que lhes passamos, pergunto-me se esta fase meio parva do diogo não será, também (mas não só), uma chamada de atenção.

e por isso a importância extrema que estou a dar a esta semana que vem sem eles. a primeira sem eles. porque me vai servir para descansar (muito!) mas também para reflectir e para procurar armas que me permitam sair deste estado e levar as coisas de outra maneira. para gozar a minha vida.

por eu tenho tudo para ser feliz. e neste momento não sou.

28 comentários:

Pat disse...

Oie In�s

ningu�m � super-pai, super-m�e, super-filha/o, super-irm�o/a, todos temos os nosso momentos menos bons. Vais de certeza ultrapassar esta fase menos boa. Os pais tamb�m se zangam, perdem a paci�ncia, e n�o � por isso que s�o maus pais. Aproveita ao m�ximo estes dias de f�rias a dois, vai ser bom vais ver, vir�s com mais calma e uma vis�o mais apurada para aquilo que � realmente importante.

beijnho e for�a

Pat

Graça disse...

E eu tenho a certeza que vais conseguir :) :)

Bj grande ******

CLS disse...

E mereces sê-lo, por isso vais ser. Foi muita emoção e pouco tempo para as encaixar no sítio devido, aos poucos vais lá. Já deste o primeiro passo, o tomares consciência do facto. Um beijinho.

Sónia disse...

Mãe não é igual a super mulher! Há momentos menos bons que podem "passar" para a forma como lidamos com os nossos filhos!

Bom descanso e aproveita bem essa semana!

Beijinhos!

Mãe Frenética disse...

querida Inês: o facto de teres noção q tens de parar e descansar é meio caminho andado para tudo se resolver...

sim, eles são o reflexo das nossas atitudes. O meu mais velho anda mto, mas mesmo muito, mais relaxado nos últimos meses pq de facto eu tenho tido todo o tempo e paciencia do mundo para ele.
Mas a verdade é q eles sabem tb q nós os amamos imensamente mesmo qdo a paciencia para xixis nas calças é pouca...
O nível de compreensão das crianças e de entendimento é mto superior ao nosso.
Francamente, eu acho q eles são mto mais solidários com a nossa dor do q nós pensamos.

Eu, q fui criada ate aos 6 anos pela minha avo, nao tenho nem uma recordação de saudade dos meus pais, de angustia, de solidao. E olha q eu cheguei a passar 2 meses sem os ver!
E a relação q tenho com a minha mae era impossivel ser melhor!

Beijos grandes a ti, q és uma óptima mãe!!

Mother_24 disse...

Isto na vida volta na volta temos destas coisas, não és a unica... tens de arranjar maneira é de sair dessa, o que é dificil, mas com vontade e uns shótezecos no bucho :) isso passa

força e beijocas pra melhoras da ressaca

Nostálgica disse...

Acho que o estado deles reflecte bastante o estado emocional dos pais.. mas o perceberes que realmente precisas de "mais paciencia" é bom...

Descansa e aproveita então a semANA sem eles.
um beijinho.

AnaBond disse...

(argh... tinha escrito uma coisa tãoooo grande e linda e foi-se tudo pró ar. bah!)

queria dizer que muito aguentaste tu... que és uma grande mulher. e porque admites que precisas de recarregar baterias. e só isso demonstra o amor que tens pelos teus filhos.

costumo dizer às amigas que temos de cuidar de nós próprias primeiro. acham sempre (mães e não mães) que é treta, que temos é de aguentar porque os filhos, o marido, a casa e o emprego estão sempre primeiro. mentira! completamente errado.
primeiro estamos nós. só assim temos o descernimento suficiente para cuidar dos filhos, marido, etc... se não nos sentirmos bem connosco, como podemos ter paciência e calma e não nos irritarmos com tudo?

seja com ioga ;) seja com tai-chi, com saídas de amigas, fins de semana calmos sem filhos, uma semana de férias sem filhos o dia inteiro, uma saída a dois bem romântica, um livro, uma discoteca.... temos de conseguir paz interior, nem que seja um pouco, para podermos dar todo o nosso amor a quem merece.
e isso passa por cuidarmos primeiro de nós.

amiga... estou aqui à espera do teu telefonema ;)
(e espero que gostes do livro)
gosto de ti.

Maria disse...

Muito descanso e aproveita bem esta semana! Muitas vezes o ter-mos saudades deles e tempo para fazer o que gostámos resolve muitas coisas!

Bjs

Cláudia disse...

Exigimos demasiado de nós próprias é a conclusão a que chego!

Eu também tenho fases dessas, e ainda me sinto "pior mãe", pois felizmente não perdi o meu pai e só tenho uma filha, que não exige paciencia como 2 filhos.

O teu post serviu-me para pensar (aquilo que tb já sabia) que realmente tenho de pensar, ponderar nas prioridades da vida, pois sinto que estou a perder a meninice toda da minha filhota, porque ando muita vez sem vontade de nada...

enfim, não te ajudei, apenas te disse que estou solidária.

Esta semana vai-te fazer bem.
A M. esteve 15 dias nós av´´os e foi muito, muito bom... Para todos!

PS. Enviei-te uma mensagem para o correio electronico do teu blog.

Sandrinha disse...

O que eu te digo é que agora não és tão feliz quanto gostarias de ser... mas eu sei e tu sabes que isso é só agora!...
Bom descanso!

DoCeu disse...

>por eu tenho tudo para ser feliz. e neste momento não sou.

Q nada! És e não dás por isso, sua tonta!!!

xxx

ana disse...

Se o que eu vi naquela noite nao era felicidade ,entao enganaste-me bem .Foi simplesmente a noite em que o teu sorriso iluminou a minha como á muito já ninguem o fazia .E sei muito cá no fundo que quando acabaste de escrever te sentiste bem melhor ,não foi?
As vezes basta escrevermos para a tristeza passar .
adoro-te

ana disse...

bolas, inês. como eu te percebo! e espero, do fundo do coração, da alma, das forças todas do universo que esta semana seja o que precisas. porque quando se acumula muito durante muito tempo, o resultado não é bom. e tem tendencia a piorar.

descansa o mais que puderes, conversa e desabafa o mais que puderes.

um beijinho enorme!

Rita disse...

Grande parte do teu post poderia ter sido escrito por mim... Para começar aproveita muuuito bem esta semana. Acredite-se ou não só as saudades que vais ter deles vão ajudar a uma nova fase. Enjoy!!!

Mestre disse...

Inês,
Espero que essa semana te traga a paz que precisas...
Agarra essa felicidade que é ter uma família tão bonita!!!
Beijinho grande,
Pat.

Anónimo disse...

Antes de mim já foi tudo dito, ou talvez não - tens consciência da Força que tens AÌ dentro, para teres escrito tudo aquilo, expondo-te como o fizeste???
Mas como a força também se gasta, CUIDA-TE!!!
xxx

M/G

Mocas disse...

Compreendo-te muito bem.

bj grande

Luz de Estrelas disse...

Permite-te esse estado de fraqueza. Passaste por muito. Às vezes também me sinto muito perto do limite do cansaço. Recupera a Inês de sempre, os teus filhos esperam. Um xi coração.

Anónimo disse...

Pirolita:
Assim trato aqueles de quem gosto. Quando chego à tua casa e vejo tudo a funcionar tão bem, penso para mim: "ainda bem que eles são mesmo felizes :)" - acredita.É bom o que os que estão de fora vêem, porque corresponde à realidade.
Aguentaste muito... e vais aguentar muito mais.
Aproveita a semana. E aqui que ninguém nos ouve: namora muito.
Beijos Vona

Yashmeen disse...

Era disso que eu falava no outro dia... eles merecem mais e temos que ir buscar forças a qualquer lado.
Abraço.

Sara CS disse...

Espero que seja uma semana para repores energias!
Tudo a correr bem!

outrosdias disse...

Beijinho e força.

Tia Moky disse...

Aquele abraço!

Monica disse...

Como te compreendo querida...
Beijocas e aproveita para descansar!

Alice disse...

Beijinhos

nosurprises disse...

Olá Inês.
Não te conheço pessoalmente mas pelo que conheço de ti por aqui, admiro-te muito e acho-te uma grande mulher.
Acho que umas sessões de psicoterapia te iriam ajudar muito e ultrapassar esta fase.
Conheço uma associação com preços em conta, se precisares diz.
Bjs e força

Joana disse...

Eu tambem nao te conheço pessoalmente, mas ja te leio ha muito tempo.
Eu tambem andei assim, tempo demais, sem me dar conta do que se andava a passar. Muito cansaço, sem vontade de fazer nada, deixar de tratar da casa, falta de paciencia (eu tenho um filho com 4 anos e muita vida)...
Pensei que fosse algo organico... qualquer doença que se estivesse a manifestar assim. Fui a medica e ela disse qualquer coisa como... Ou isso é uma anemia ou é uma depressao disfarçada. Quando ela me falou em depressao eu parece que cai na realidade. Marquei logo consulta para uma psiquiatra. Agora estou a tomar medicaçao e sinto-me realmente muito melhor. A vontade de viver bem a vida voltou! (estou a tomar medicaçao a +- 5 meses e ja pareço outra).

Bem... fica bem (ou pelo menos tenta)

Beijo grande, Joana Costa