sexta-feira, abril 23, 2010

113-365



uma pessoa ouve o que o Jamie Oliver diz e arrepia-se do princípio ao fim. para mim é inacreditável que existam pais por esse mundo fora que nunca cozinharam para os filhos. que existam crianças que não saibam distinguir uma batata de um tomate. que, por falta de vontade política e das grandes empresas, milhões de pessoas morram anualmente por doenças resultantes de maus hábitos alimentares.

tudo isto sai-nos mais caro economicamente E emocionalmente. cabe a cada um de nós pôr um travão a esta epidemia. em casa.

4 comentários:

Patrícia M disse...

Uma das regras que impus a mim mesma, quando decidi dar-lhes almoço de casa, na escola, foi que iriam ter sempre sopa e legumes à refeição, tal como a escola os habituara, nos anos anteriores.

e que a falta de tempo, o cansaço e afins nao iriam ser desculpas para mim mesmo!

Fazes bem! Os maus hábitos de hoje, pagam-se caro nos 10 ou 20 anos depois. Eles merecem o nosso esforço...

Dorushka disse...

Adorei o discurso do Jamie, nunca tinha visto, mas tenho acompanhado a luta dele nos programas que dão na SIC Mulher. Acho que o Jamie é uma fonte de inspiração!
Lá em casa come-se sopa e fruta a todas as refeições, e os legumes cozidos ou salteados e as saladas também já começam a ser apreciados pelos mais pequenos.
Obviamente que, de vez em quando, quebramos as regras e lá se come um doce ou, se formos comer fora, não se come sopa. Mas são excepções, porque achamos extremamente importante criar hábitos saudáveis de alimentação.
O mais velho, por exemplo, praticamente só bebe àgua às refeições, é muito raro pedir um refrigerante, mesmo fora. E isso também é importante. O mais novo só bebe mesmo àgua, pois com 18 meses é muito novo essas coisas.

Mãe(q.b.) disse...

Quando acompanhei o programa dele para mudar os habitos alimentares nas escolas de inglaterra fiquei de boca aberta por ver o tipo de comidas que lá se distribuia pelos alunos... o esforço dele foi enorme, levou o seu tempo mas conseguio... eu só n~ºao percebo como é que o governo de lá autorizou que se distribuissem comidas fast-food nas escolas, inacreditável mesmo!!

jocas

Luna disse...

ai esses morangos nahhhhh já marchavam! o M. é mto mal para comer, mas a sopa tem que ir sempre disso ele não se livra.
bjinhos
Luna