segunda-feira, abril 26, 2010

116-365



olho com orgulho para o meu canteiro (arranjado de raíz por moi-même) e não consigo deixar de pensar na minha avó Luz...

4 comentários:

Anónimo disse...

Esvaziou-se a varanda dela, encheram-se os teus canteiros...

xxx
M/G

Susie disse...

Está lindo.

Melissinha disse...

A cara da minha mãe. Obrigada!

Rita Coelho disse...

Ela ia decerto gostar e orgulhar-se ;)