quarta-feira, dezembro 15, 2004

:o(


eu sei que a gravidez é algo de maravilhoso que a natureza nos dá de presente...

sei também que das mulheres com quem falo, todas dizem que é um momento único de alegria e felicidade...

serei eu a única a passar a gravidez inteira a lutar contra as hormonas e contra este estado de tristeza estúpida que, de vez em quando, me assola?? serei a única a ter raiva de mim própria por, dia sim dia não, estar envolta em lágrimas em vez de agradecer todos os dias por saber que tive uma sorte tremenda em engravidar??

serei a única que precisa de compreensão extra? a única a ver tudo com uma intensidade doentia e a entrar em crise por tudo e por nada??

eu sei que isto não é bom nem para mim, nem para o pai-vagem, nem - principalmente - para o nosso ervilhinhO...mas, como podem imaginar, não é algo que se possa controlar...

e eu, que imaginava a gravidez como um estado de graça, sinto-me enganada...sinto que não fui avisada nem preparada...

8 comentários:

Paula disse...

Querida Inês,
Tudo isso é normalíssimo!!!!!!!!!!!
A gravidez não é só flores e borboletas. É também enjoos, depressões, dores, medos... E os bebés também. E a vida também.
Mas de uma coisa podes estar certa: daqui a pouco tempo vais-te sentir melhor (e às vezes até pior), mas vais experimentar, muito em breve, os momentos mais belos e plenos da tua vida. Mesmo que não te anime agora (e isso não quer dizer que sejas uma besta quadrada!!!!)é uma coisa que vai acontecer e de que não te vais poder escapar!
Um beijinho muito gordo para a vagem e outro para o ervilho!
Paula Sofia

JoaoN disse...

Hum... Esqueceste-te que estás a um ou dois dias de umas LOOOOONGAS FÉRIAS????? :-D

Beijoca grande e anima-te!

Lara disse...

Linda...
Como te compreendo!!!
Eu também tenho andado às voltas com as hormonas, embora, por outro lado, sinta muita força para enfrentar tudo.
Mas tenho momentos em que... sei lá... sinto-me super em baixo... Mas depois lá animo! :)
Eu costumo dizer, por brincadeira, que a gravidez tem uma lista interminável de efeitos secundários... para os quais não fomos sequer advertidas!
Ok, provavelmente já esquecemos os terríveis enjoos, mas, bolas, que fase terrível aquela!
E agora? Porquê termos que nos baixar quando parece que engolimos uma bola??? E depois ainda ouvir: "se já não te consegues mexer, imagina mais para o fim".
Acordar a meio da noite com azia...
Ter vontade de almoçar às 11h30 da manhã, quando o trabalho pede mais concentração...
Olhar para os pés e ver umas coisas disformes inchadas...
As dores nas costas...
As 1001 responsabilidades com enxoval, infantários, família... Irra, será que já não sabemos parar um bocadinho???
Será que não há um momento em que possamos olhar o mar como o fazíamos antigamente? Calmas e sem pensar em nada?...
E isso é ser má mãe??? Claro que não!!! É lembrarmo-nos que ainda somos gente, reclamarmos que não nos sentimos bem...
Mas, claro que estamos felizes... claro que um filho é uma benção... claro tudo isso...
Mas porque não sorrir quando temos um ataque de choro???
Descontrai, faz tudo parte do pacote...
Não sintas culpas de nada!
Desculpa o testamento, mas somos companheiras nesta linda viagem... e não temos papas na língua! :)
Beijinhos muito grandes!

ni disse...

Pois a mim tb não me tinham avisado dessa parte... mas faz mesmo parte do "pacote" da gravidez...
É preciso não esquecer: mesmo ultra-mega-hiper-sensível a grávida tem sempre razão e mesmo que não pareça as suas lágrimas têm sempre uma justificação! Não te esqueças de ensinar isto ao pai-vagem...
;o)
Muitos beijinhos e abraços

Rute disse...

Pois Inês, não és a única... eu também luto contra essas hormonas.
No outro dia fiz uma "birra" nem sei porquê... sei que estava a dormir, o papá foi buscar-me ao sofá para me levar para a cama... muito querido, muito meigo e eu desatei a chorar baba e ranho... vá-se lá saber porquê.

Beijocas grandes.

Anónimo disse...

Não, não és a única a ter esses sentimentos. Eu tb choro muitas vezes sem motivo ou dou por mim preocupada com tudo e mais alguma coisa... Só agora é que já tenho melhores dias, pois já sinto muito o Martim e faz-me sentir mais animada!! Não te preocupes!! Melhores dias virão!! Beijocas x 2
Isabel (http://martim.blogs.sapo.pt)

Anónimo disse...

Inês... não és a única e nem serás a primeira... Eu sou chorona por natureza, e o q me aconteceu na gravidez foi ficar, realmente, mais sensível com determinadas coisas... as quais muityas vezes nem têm directamente nada a ver comigo...
Isso há-de passar e não te torna "menos" grávida ou "menos" mãe... cada um tem reacções diferentes, tens é de conseguir conviver com as tuas... E vais ver q qd o ervilho nascer isso passa... até lá... olha, vive!

Jokas gordas!!
[AVENA]

Anónimo disse...

Inês querida, são fases e oiço imenso falar nelas. Alguém escreveu recentemente que quando estava grávida tinha um sofá a quem o marido chamava o muro das lamentações. Não penses que és caso único. Eu própria nunca estive grávida e quando as hormonas fazem das suas sou capaz de andar de lágrimas nos olhos dias a fio. Força, linda. Beijo enorme. Carla (Papoila)