quinta-feira, fevereiro 07, 2008

a importância das pequenas coisas

ele ainda dorme de fralda de pano e de chucha. ainda bebe leite no biberão de manhã e de noite. ainda está na cama de grades. ainda usa fraldas.

ainda é "bebé" em muitas coisas (não há grandes pressas por aqui) mas está na hora de começar...

(dorme desde as 22h e picos, não pede a chucha desde que se deitou...)

:)

9 comentários:

Patrícia M disse...

Boa Diogo!!

Por cá também se usa biberão duas vezes por dia, fralda para dormir e cama de grades para se sentir seguro, apesar de já haver uma cama "grande" no quarto...

Sempre achei que eles é que têm de deixar de querer serem "bebés"...

Nucha disse...

Pois, aqui foi tão ao ritmo dela que a chupeta só foi embora dois dias antes de fazer 4 anos...

Diogo: espero que tenhas conseguido!

flores disse...

Do nosso (já ñ tão) bebé só nos resta a fralda de pano. Deixámos obviamente q fosse ao ritmo dele. (eu achei sp q foi depressa demais)

Patrícia disse...

Acho que é importante deixá-los serem bebes enquanto são bébes ... porquê apressar uma fase tão boa da vida??? :))

Beijinhos nossos

nana disse...

;o)


x

Irina disse...

podes começar a dar o leitinho naqueles copos com tampa próprios para crianças , eles gostam e já não obriga a chuchar.

que bom....uma noite ganha? ;O)

Yashmeen disse...

O meu quarto parece um acampamento: tem uma cama de solteiro entre a minha cama e a parede, porque o Miguel metia as pernas pelas grades e é claustrofóbico como a mãe (numa birra, atirou-se da cama abaixo e eu mudei-a nesse dia mesmo). Sempre que lhe apetecia sair da cama, pendurava-se nas grades e rebolava para cima da minha.
A chupeta conforta-os e dá-lhes segurança. Fartam-se por si. Eu usei-a até aos 4 anos porque, apesar da censura paternal, escondi todas as chupetas que pude e ia buscá-las quando me apetecia :)))

Boa sorte para o Diogo ;)

Luisa disse...

Por aqui também é ao ritmo do Martim. Já pensei várias vezes que era desta que deixava o biberão. Passa dias sem o querer mas depois volta sempre a quere-lo. A cama continua a ser de grades embora a outra esteja lá no quarto à espera dele. Cada um tem o seu ritmo e cada coisa acontece quando eles acham que deve ser. Eu andava preocupada por o Martim não falar até há bem pouco tempo. E agora lá está ele a dizer montes de coisas.

Ai que me alonguei... Sorry

BEijinhos e bom fim de semana

Morena disse...

epá, aqui tb há fraldas e biberão.. a chucha tb já não, como aí! Boa Diogo :o)