sábado, dezembro 06, 2008

natal e familia

para que as prendas não sejam o centro de tudo, expliquei ao diogo que o natal é uma festa em que juntamos todas as pessoas de quem gostamos. perguntei-lhe de quem gostava e quem gostaria de ter na festa; foi listando a família toda e acabou...claro, no avô nicolau. lá lhe expliquei uma vez mais que o avô morreu ("mas morreu porquê?"), que estava doente ("mas ele não tomou o remédio??"), que tinha dói-dói na barriga ("mas como é que o dói-dói foi para lá?"), que não iamos voltar a ver o avô ("mas quando é que o avô vai nascer outra vez? eu acho que vai ser daqui a muito tempo, mãe!").

lá lhe expliquei que as pessoas de quem gostamos e que morrem ficam para sempre connosco e que as guardamos no nosso coração (obrigada, pal!); que o avô, porque gostamos dele e pensamos muito nele, está no nosso coração.

e pensei para comigo que o meu pai vai estar presente neste natal como nos outros. e que não posso deixar que a tristeza me faça esquecer isso...

7 comentários:

Um pedaço de azul... um BloGui diferente disse...

Lindo! Ele está sim... acredita.
bj

Filipa disse...

Acho tão lindo esse amor que ele tem pelo avô. O tempo vai passando e ele não o esquece!
Esteja onde estiver, o teu pai deve estar muito feliz por ser recordado assim!

pal disse...

:D
isso, no coração, na estrela, nos sonhos, mas sempre connosco, sem dúvida...

um beijo grande!

Alecrim disse...

Sem dúvida que está convosco!
Um beijinho, linda Inês!

Maçã disse...

(Obrigada pelo teu apoio, Inês. Acredita que me lembrei de ti em todo aquele "processo".)

Que bonito o teu filho e que bonita a forma como o fazes encarar tudo!
Linda Inês!

Beijo

Luz de Estrelas disse...

Vai estar sim, Inês.

Rita disse...

Vai estar sempre Inês! Lá dentro do coração... Um beijinho