segunda-feira, abril 06, 2009

porque o amor também se serve à mesa

o jantar foi:

açorda, a pensar no meu pai.

morangos, a pensar na minha mãe.

*


10 comentários:

Anónimo disse...

Percebem a minha pergunta, repetida, "o que é eu fiz para merecer ESTES filhos?"?
Não é orgulho, é um calorzinho bom que alastra, me envolve, e me comove...
Obrigada, filhota!Possam os deuses continuar a derramar sobre ti a sua FORÇA!
xxx
Mummy

Mar disse...

:)

flores disse...

:)

mamã Diana disse...

Sim, o amor serve-se à mesa :)

(Hum, impressão minha ou vi o teu Diogo naquela cena dos Xutos(estava a ver se te via)?)

Beijocas.

borboleta disse...

:)

Charilas disse...

É verdade...o avô Nicolau vai estar sempre presente...

Bjs

InêsN disse...

diana, foi impressão tua...ainda não os levamos para essas lidas ;)

Luz de Estrelas disse...

Bonito. Ainda mais bonito, rematado com o primeiro comentário. É lindo ouvir-se uma coisa dessas, não é Inês? O teu pai tb pergunta o mesmo, tenho a certeza absoluta. O orgulho de vos ter.

Anónimo disse...

Um simples mas GRANDE gesto numa prova clara que há AMORES que nunca se esquecem, principalmente de pai e mãe, estejam ou não entre nós fisicamente.
E PARABÉNS atrasados Inês, desculpa nao ter sido ontem mas não tive acesso à net, tudo de bom para ti e todos os que te querem bem.

Beijinhos
Patrícia+Gustavo(3 anos)+Inês(10 meses)
pajbcoelho@yahoo.com.br

nana disse...

:,o)

xX


ps - marylight.. fizeste MUITO.