quarta-feira, setembro 23, 2009

*suspiro*


não sei se vos conte da reunião de início de ano lectivo da sala do diogo e da minha zanga por existir um mini-projecto dedicado à Gripe A (!!!) se da marosca que quase me fizeram... acho que vou para a segunda porque da Gripe estamos todos fartos (pelo menos aqueles que não estão a retirar dividendos da coisa :p) e já não há paciência.

pois então, prestem atenção porque vale a pena! ontem quando fui às compras ao Continente aqui da zona, fui abordada por uma fulaninha de leste que me pediu encarecidamente se lhe comprava uma lata de leite para a sua bebé que, pobrezinha, não tinha o que comer. perguntei-lhe quanto custava o leite (cerca de €14) e tocada pela imagem de um qualquer bebé esfomeado, achei que podia aliviar o sofrimento daquela mãe (não imagino o que seja não ter como alimentar um filho) e disse-lhe que sim, que lhe pagaria a lata de leite mas só depois de ir comprar mais uma coisa de que precisava. lá fui a outra secção sempre com a madame atrás - pedindo-me que lhe comprasse também um champô, o que recusei - até que um funcionário do continente a abordou dizendo-lhe que ela já sabia que não podia estar ali a mendigar. eu ainda fui em defesa da pobre coitada e expliquei ao senhor que concordara em pagar a bendita lata quando ele me esmaga com estas palavras: "o que a senhora não sabe é que elas vão logo de seguida ao apoio ao cliente pedir a devolução do dinheiro!!". Fiquei pasma, furiosa e sem palavras! A rapariga deve ter percebido logo que acabara de perder uma presa porque nem ripostou muito e eu fugi dali assim que pude para ir carpir as minhas mágoas sózinha. fiquei ainda a pensar no assunto e o mais provável seria a fulana pedir-me o talão da caixa para que não pensassem que tinha roubado o leite ou qualquer outra treta para depois o poder ir trocar por dinheiro...

eu que sou totalmente contra as esmolas acabei de riscar da minha vida mais uma possibilidade de ajudar quem quer que seja. porque nunca mas nunca mais vou voltar a acreditar em mãezinhas pobrezinhas com crias esfomeadas a pedir ajuda no continente e afins. sad but true!

22 comentários:

mim disse...

credo.......

Li1974 disse...

bem...quem foi agora carpir as mágoas fui eu...porque, tu,ainda foste salva a tempo pelo segurança...já eu,paguei a lata!Buuaahhh!Bem...as acções ficam com quem as faz mas,já estou como tu,vai pagar o justo pelo pecador...ai vai vai!bjocas

Ana disse...

man, isso é altamente elaborado...

Cindy disse...

pfff... há gente para tudo!!! espero que essa senhora nunca tenha um filho a passar fome, espero sinceramente.

Beijocas

Susie disse...

hummm... há uns anos comprei umas fraldas a uma... Será que era mesma marosca?
É triste, mas realmente não se pode confiar em ninguém.

Dorushka disse...

É triste, é mesmo muito triste! Com tanta criança a passar fome por esse mundo fora é preciso "lata" para alguém arranjar um esquema desses...
Eu também já paguei uma vez um pacote de leite a uma senhora que vinha com o bebé ao colo, há alguns anos atrás, e quero acreditar que era realmente para matar a fome ao menino... mas agora vou pensar duas vezes antes de o voltar a fazer. Acho que vou continuar a preferir dar para o Banco Alimentar contra a Fome...

cris nogueira disse...

entao eu ainda te conto o resto da historia : depois de trocar o talao pelo dinheiro possivelmente ia ate ao campo grande beber uma jolas com as amigas ,que é o que se vê la todos os dias ,e para o final ser pior tb vendem as crianças no jardim do campo grande ,quando nao conseguem trocar os taloes por dinheiro ,a ultimo vez que se falou estavam a venda por 250 euros .è a mais pura das verdades ,infelizmente .

DoCeu disse...

Oh deuses!... O_O

*Sandra* disse...

é triste, mas é a realidade...a n ossa sensibilidade leva-nos a ajudar quem precisa, mas no fundo não precisam assim tanto, o pior é que depois de percebermos que fomos enganados pagam todos por um...

Anónimo disse...

então nao gostam todos de ser comunistas e bloquistas??????? Viva a democracia minhas amigas

Ana Rita disse...

Chocante. Infelizmente coisas destas acontecem a rodos e em todo o sítio. Da próxima vez que vir alguém no estacionamento do hiper a fazer cena semelhante vou lembrar-me disto, de certeza!

Alecrim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mar disse...

Já sabia. Explicou-me a senhora de uma farmácia onde eu ia comprar uma lata de leite dessas.

Para o anónimo: a democracia? Numa democracia a funcionar já o Estado teria retirado as crianças a tais pais e assegurado um projecto de vida decente para elas.

Patrícia M disse...

Que mundo...

Ingenuamente ainda tento pensar que se calhar a senhora mesmo tendo intensão de trocar a lata do leite por dinheiro, seria para depois tentar comer qualquer coisa para ela própria. Mas se pedisse comida para ela apenas (e não para um filho) ninguém lhe daria...

Mas tem que ser um pensamento muito, muito ingénuno...!

E eu que costumo dar a quem me pede...

outrosdias disse...

Bem..... que esquema mesmo rebuscado!

mother_24 disse...

Onde já chegamos... bolas!

Mae Frenética disse...

Burlas com crianças famintas?
Crianças à venda???
Mas q país é este????

Sónia disse...

Ainda bem que avisas! Tb vou a esse Continente!

Luisa disse...

A frase que resume é essa mesmo:

"Sad but true!"

É assim Portugal em 2009.

Bjs

sofia disse...

meu deus....

Miduxe disse...

o bom era copiar este teu texto e enviarem ao maior numero possivel de pessoas para ficarem alerta;
-eu uma vez paguei um lanche a um miudo que me pedia dinheiro e depois mais tarde vi o pai zangar-se com ele feito bruto, que ele tinha era de pedir dinheiro para lhe dar e não aceitar comida...

piu disse...

Eu já caí na esparrela, comprei a uma a lata de leite e a outra as fraldas. A das fraldas fez-me desconfiar precisamente por tb não me largar dentro do supermercado apesar de eu lhe ter pedido que esperase à porta e por nos entretantos tb começar a pedir mais coisas cada vez que passavamos por um corredor.Na altura senti-me enganada mas a dita criancinha ía ao colo e era difícil recusar.