sexta-feira, julho 30, 2010

...


tristeza. meco. mana. memórias. dor. mergulhos. no mar e no passado.




(obrigada, antónio feio, por teres sido o rosto de todos aqueles que diariamente lutam contra a pior doença que conheço. apetece-me dar um chuto no meu ateísmo e pedir-te para abraçares o meu pai quando lá chegares.)

7 comentários:

Dulce disse...

Eu acredito que tu não és ateia, Ninês. Ainda que julgues que sim.
Beijinho.

Rita disse...

Inês, eu sou completamente ateia, e nem por isso deixo de acreditar que um dia encontramos aqueles que mais gostamos e que já não estão cá connosco. Bj grande

Patrícia M disse...

Todos nos temos um bocadinho de "crença em alguem" quando isso nos alivia a dor...

Bj

3 Gatos Miaus disse...

Vive a favor da Luz e um dia alcançarás a Luz e consequentemente os teus mais queridos que já serão Luz e tu aprenderás a se-la nessa altura. Além de que já o és!!! Todos somos a Luz do Universo.

É no q acredito.

Beijocas

Cláudia disse...

É bom para a nossa saúde mental, acreditarmos que vamos todos voltar a ver-nos.

Fui educada segundo a religião católica, e interpreto-a à minha maneira (e já tenho tido as minhas "revoltas"), mas honestamente acredito que isto é uma passagem onde temos uma vivência e que iremos encontrarmo-nos todos mais tarde...

E sim, pra mim, existe algo superior a tudo isto, um Deus, uma Luz, uma energia,tem que haver.

Temos que nos agarrar a alguma coisa, seja o que for...
Custa-me a acreditar que haja alguém não acredita mesmo em NADA! Nem que seja numa determinada altura da vida, tal como esta que estás a ter agora... o que perfeitamente normal.

Muito abraços o teu pai recebe, cada vez que pensas nele e cada vez que alguém vai para junto dele... Acho que se não acreditarmos um pouco nisto, tudo é mais penoso.

ana disse...

A esta hora já estão os três juntos a beber umas ninis e a ter uma conversa da treta ,tenho a certeza .bj

nana disse...

e pronto, la chorei mais um bocadinho agora...
mas foi poucachinho..
bem poucachinho.
ja mais sereno, o choro..
porque.
...
gosto-te MUITO, mana.
mesmo.
@-,-'-