terça-feira, janeiro 03, 2006

da consulta dos 9 meses:

o jovem está bem e recomenda-se! :o) para quem o acha grande para a idade:

peso - percentil 30 (ainda em recuperação do peso não ganho durante a gravidez/amamentação simultâneas)

estatura - percentil 25

da observação da médica está tudo bem excepto um ouvido que parece estar a chocar uma otite.*

vamos começar a tentar dar-lhe "comida da panela", ou seja a nossa comida desfeita. segundo a pediatra convém não adiar muito esta etapa porque é agora que eles começam com a mastigação. vamos a ver como corre (6ª o jovem vomitou a sopa toda porque lha dei com peixe desfiado e não passado...).

tirei uma série de dúvidas mas, sinceramente, agora não me lembro de metade do que falámos. o importante é que ele está bem.

a tosse e congestionamento nasal mantêm-se mas a "farfalheira" parece ter diminuido porque a médica diz que os pulmões e bronquios estão limpos (uffaa...).

próxima consulta: 12 meses (!).

ps - comadre lia: já seguiu mail para todas as damas, o telegaitas está desligado porque o deixei por lx...ligo assim que puder!

*questions: 1 - numa otite é ou não suposto o ouvido doer se lhe tocarmos? 2 - o facto de o puto andar a esfregar o ouvido pode ser sinal de pioria da situação? 3 - o diogo fartou-se de chorar a meio da noite mas acalmei-o e não tomou nada; durante o dia de hoje ainda não se queixou...o ouvido só doi de noite?!

13 comentários:

rosinha_dos_limoes disse...

1 - Nem sempre doi ao tocar, alguns só começam mesmo a queixar-se já a otite vai no seu pior estado, mas normalmente no minimo afastam-se.
2 - Pioria não sei, mas é sinal de qualquer coisa sim, pode é ser só cerum a mais por causa da costipação
3 - O ouvido doi mais durante a noite, porque dormindo não há limpeza das secressões, nem sequer engole as mesmas, logo pode escorrer para o ouvido e ficar mais "cheio", há outra razão que já li algures mas não me lembro, talvez tenha a ver com a pressão do ar de noite? Além disso no sossego da noite dá para perceber melhor a dor, e durante o dia, a distração com as brincadeiras faz esquecê-la

Numa otite cerosa (por execesso de cera ou secreções) a dor nem é costante, pode nem existir, e em vez disso apenas a falta de ouvido

A minha mais velha lá está com outra desgraçada ... doeu-lhe parte da tarde e noite de dia 1, depois passou mas tinha o ouvido sujo, a pediatra lá viu a malfadada otite ... antibiótico com ela raios!

Rita disse...

Felizmente, ainda não falo com a experiência materna mas tanto quanto me explicaram existem otites internas e externas e só nas últimas é que doi se mexermos no ouvido. Também já ouvi dizer que a explicação para o choro ser mais intenso de noite (tal como tem acontecido com os dentes do Vasco) está relacionada com a ausência de estímulos que os distraiam das dores que sentem. Beijos aos machos, para ti e para essa miúda linda que está dentro de ti.

Filipa disse...

Não tenho experiência nesse campo, mas pelo que dizem, são dores horríveis e choros insuportáveis!!!

Jasmim disse...

Otites :((( Que chatice!! Espero que passe rápido!!

Beijocas.

Sandra disse...

A Rosinha dos limões já disse o que te queria dizer.
Assim desejo-te um bom ano de 2006!

Costinhas disse...

A rosinha já disse tudo!

A única coisa que vou acrescentar é que a Joana da primeira vez que teve uma otite (ie, há menos de um mês) nunca se queixou de nenhum tipo de dor. As dores podiam estar a ser mascaradas pelo facto de ela estar a tomar ben-ur-ron em intervalos reduzidos por causa das febres altas.

Desta vez, ela disse mesmo que lhe doia e não lhe podíamos tocar. A doi apareceu/piorou ao final do dia e prolongou-se durante a noite. Quando foi vista pela médica, tinha duas valentes otittes mas apenas se queixava do ouvido direito.

Tudo depende do grau de resistência à dor dos nossos pequenitos.

E depois deste testamento, espero que o teu menino melhore rapidinho! De resto tudo está bem (e não te esqueças que cada um tem os seus ritmos de habituação às novidades. Se a comida desfiada para ele é um martírio, vai introduzindo-a de forma mais lenta e conforme ele for aceitando)!

Beijos

carla disse...

Olá

A Rosinha já te disse tudo, mas de noite experimenta deitá-lo sobre o ouvido que tem a otite, realmente o coçar pode ou não piorar...A Inês é mais de fazer otites cerosas, coça imenso e raramente tem dor.
As melhoras do gaijito!!

Beijocas

mimi disse...

Como já foi tudo (muito) bem explicado, desejo apenas as melhoras para o pequenito.
Quanto às comidinhas, o Hugo nunca aceitou coisas desfiadas na sopa, torce sempre o nariz. E no entanto ele já come de tudo, até pêra à dentada! :)
beijinhos

Raquel disse...

Não sei como são os sintomas das otites...mas normalmente acho que dá um corrimento no ouvido e faz febre.
Acho que alivia eles dormirem para o lado do ouvido que dói.
E eu também tenho que começar a dar da nossa comida ao Gabriel. Ele já fez os 13 meses e eu tenho adiado isso. Logo agora que o rapazinho deu em fazer fitas à hora da refeição.
Boa sorte com o Diogo e espero que esse otite a chocar não passe disso e ele não passe por essas dores.
Beijocas

xilileca disse...

Parece que a rosinha já disse tudo! Lá por casa existe uma otite serosa bilateral... A única coisa que acrescento é muito soro no nariz, muito, muito, muito! E como ele é pequenino e não se assoa, usar o narinel para ajudar. ;)

Susana Vasconcelos disse...

Oi Inês!
Adorei a foto do "brinde à vida"! Então a cara do Diogo a olhar para ti... demais!!
Ainda bem que está tudo bem com o teu pequenino, tirando a chata da otite e as tosses e afins (o Mateus tb ainda está assim).
Um beijinho grande e as melhoras para o teu bebé lindo!
Susana+Mateus

Costinhas disse...

só para dizer que as damas não receberam nada!

:p

Susy disse...

Infelizmente não posso ajudar em nada porque ainda não consegui realizar o meu sonho mas desejo-te que corra tudo bem e que rapidamente possas respirar de alívio.
Um beijinho e que este ano seja um Ano muito bom!!!
Susy