domingo, fevereiro 01, 2009

quem arrisca

a "ver de olhos fechados"?

10 comentários:

Alecrim disse...

Espectáculo! Eu gostava muito. Mas por aqui não há disso.

Anónimo disse...

Na mesma onda, já conheces os jantares às escuras, no restaurante Bem-me-Quer? http://www.bemmequer.web.pt/

Célia Matos (Oláaaaaaaaaaaaaaaaaa!)
Um dia destes escrevo.te um email grande grande grande...
Bjs!

mother_24 disse...

E tu fostes?

jocas

InêsN disse...

não fui que só no fds descobri...mas até ia :)

(Olá Céliaaaaaaaaa!!!!!!)

Cintia Pereira disse...

Muitas vezes tento, não é tão difícil assim quando se usa o coração.
Bjs!

Ana disse...

Celiaaaaaaa,
Amiga, por onde andas? Manda um ail. Desculpa Ines ;)

Dijambura disse...

já entrei numa iniciativa da ACAPO e a minha perspectiva mudou imenso...andar numa cidade como Lx e enfrentar obstáculos como um marco do correio, carros estacionados em cima do passeio...n é fácil!! é claro q se apuram outros sentidos e a beleza de muitas coisas assume outra forma...mas é luta diária porque o mundo n é dos diferentes!

Sofia,Pedro e Joana disse...

Que engraçado...uma iniciativa a concretizar com melhor tempo porque com guarda-chuva não dá jeito nenhum...
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Neivah disse...

Olá, Inês!
Desculpem colocar esta notícia aqui mas é mesmo muito importante. Se quiseres apaga-a... mas eu gostava mesmo era que a postasses... fica ao teu critério.
A Madeira é um meio pequeno e conhecemos as pessoas em causa e sabemos que este apelo é mesmo real e urgente. Tem saído na comunicação social, regional e nacional (Expresso - http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/495245 - "Madeira: Ilha mobiliza-se na tentativa de salvar um bebé. Só um transplante de medula óssea poderá salvar Rodrigo, o bebé de seis meses, ao qual foi diagnosticado uma leucemia linfoblástica aguda com apenas 1 mês e meio de vida. Rodrigo espera por dadores.").
Tudo o que nos é pedido é que façamos a inscrição como dadores de medula óssea. Quanto mais formos, maiores as possibilidades de encontrar um dador compatível. Com o Rodrigo e com os Rodrigos deste mundo. Para ser dador basta ter entre 18 e 45 anos e nunca ter recebido uma transfusão de sangue.
O formulário está disponível em http://www.chsul.pt. Depois de impresso e preenchido com letra legível, deve ser assinado e enviado para:
CEDACE
Centro de Histocompatibilidade do Sul
Hospital Pulido Valente, Alameda das Linhas de Torres, 117
1769-001 LISBOA
Em caso de dúvidas, podem contactar: Centro de Lisboa 217504100; Centro de Coimbra 239480700; Centro do Porto 225573470.
Eu já me inscrevi. Estou sempre a pensar "e se fosse o meu filho?!".
Mais uma vez desculpa mas sabendo que o tempo urge - o Rodrigo tem de encontrar um dador compatível até meados/finais de Março, não posso ficar quieta...
O mais importante é inscrever-se como dador. E depois, então, passar a palavra, para que mais pessoas também se inscrevam.
Obrigada e beijinhos **
Neivah, Maria Madalena (3 anos) e João Francisco (17 meses)

Sandrinha disse...

Que ideia tão gira!