quinta-feira, maio 11, 2006

sózinha com os 2:

todos os dias passo cerca de 2 horas de manhã e 2 à tarde sózinha com os dois.

as manhãs já rodam bem e já temos mais ou menos uma rotina (quando a sara não nos troca as voltas, claro): a sara mama entre as 5/6h da manhã e dorme; o diogo acorda pelas 8h/8h30 e passamos à muda de fralda e ao leitinho, aninhado ao meu colo (é dos momentos que mais saudades vou ter no futuro, de certeza!). entretanto acorda a sara e o diogo volta para a cama onde lhe coloco uma série de brinquedos (para ele se entreter a atirá-los para o chão). vou buscar a sara e dou-lhe maminha sentada na cadeira de baloiço enquanto brinco com o diogo. a seguir mudo a fralda à sara, aqui já com alguns protestos do diogo que já não tem com que se entreter e quer é sair da cama. ponho a sara na cama dela (a do quarto deles), dou corda ao móbil e vou vestir o diogo. o resto do tempo em que espero a "ama" é dividido entre a brincadeira com o diogo e as conversinhas com a sara. a coisa só corre mal quando a sara se farta do móbil, a coloco ao colo e o diogo se lembra (instantaneamente) que também quer colo...

de tarde a coisa corre bem pior. a sara quase nunca dorme a essa hora e normalmente já está em modo birra. o diogo, cansado do dia de trabalho, também já não aguenta muito tempo a brincar no quarto e começa a choramingar. por norma acabo sempre com a sara ao colo, sentada no chão, muitas vezes a dar mama e a tentar distrair o diogo para que ele não me bata a mim ou a ela...

resumindo: gosto das nossas manhãs a 3 e ODEIO as nossas tardes a 3!

16 comentários:

pal disse...

lembraste que eu também me queixava muito dos finais de tarde?...

até o raio dos livros falam disso... é normal. porque o dia já vai longo para todos (sobretudo para ti, certo?)

ai o que eu ansiava pela chegada do P!! quase que lhe atirava com uma delas e dizia "vá deixa-me agora brincar/tratar/conversar com a outra com calma e em excluusivo".

como se os meus mais dois braços, mais duas pernas e mais uma cabeça que me surgiam ao longo do dia (uma monstra, portanto!) desaparecessem por magia com a chegada dele! ;)

conforme ela (sobretudo ela) for crescendo, nestes poucos meses já a seguir, as coisas vão melhorar, vais ver.

Costinhas disse...

ai os finais de tarde... uma beijoca, e espero que melhorem a cada dia que passe!

Mar disse...

Ainda bem que o meu gajo não lê estes blogs (senão, vinha já o típico e-ainda-queres-tu-ter-mais-filhos)... Mas se as meninas experientes dizem que vai melhorar, deve ser verdade. Até lá, restam as manhãs. Boa sorte! Bjos!

Rute disse...

Espero que as tardes não demorem a ficar como as manhãs! :)

Beijocas,
Rute e André

Vera disse...

Eles à tarde já estão muito mais saturados... e nós também.

Beijinhos

Vera

Dijambura disse...

A mulher tem mesmo essa capacidade de conseguir fazer "mihares" de coisas em simultâneo, a neurociência nos seus estudos sobre o dimorfismo cerebral já explica essa habilidade... eu acho notável!
É natural que a tarde seja mais dolorosa porque o número de actividades acumulado é muito superior e a nossa paciência é menor!
Boa sorte e mantém essa garra!
Leonor

Caracoleta disse...

Penso muitas vezes em ti...é que eu ás vezes só com uma vejo-me às aranhas!
Beijinhos,
Susana

Adriana disse...

Espero que isso melhore
Beijocas

Jasmim disse...

Pensa positivo... Já só falta dar a volta a essas tardes!!

Beijocas!

Sophie disse...

Sobrevive, sobrevive, vai melhorar.
:)
(cassete estragada)

Patrícia disse...

Pois...as tardes são TERRIVEIS os miudos fazem mais birras e nos já estamos MAIS que saturadas.

Beijinhos

Klaudia disse...

Deve ser realmente complicado.
Beijinho e tudo de bom***

Carina disse...

Admiro-te imenso! É preciso ter coragem para ter dois filhotes tão pequeninos! Eu só com o meu Diogo por vezes fico passada e olha que ele é bem calmito!

Beijinhos!

nana disse...

não odeias nada, aldrabona - ainda vais ter saudades delas! ;oP

beijo ENORME, mana.

mesmo.

@--,-'-

Carla Iglesias disse...

As tardes são sempre piores. eles começam a ficar mais saturados.
Mas ainda vais ter saudades destes tempos :-)

Beijinhos aos três
Carla

Raquel disse...

Pois...acho q regra geral isso acontece sempre...com 1 a coisa faz-se com dois deve ser complicado.
Até nós de manhã estamos mais produtivos e à tarde só nos apetece é amochar.
Daqui a 2 meses já vai correr tudo às mil maravilhas, vais ver!
E o Diogo já anda?
O Gabriel tormou-se um miúdo muito mais feliz quando isso aconteceu. Todos me diziam q aí é q iam ser elas, mas para mim foi um descanso.
Beijos