sábado, novembro 13, 2010

sobre o natal


conversávamos ao jantar sobre os anjinhos que nos vão enriquecer o Natal (muito mais que nós o deles) e explicava eu, uma vez mais, que há meninos cujos pais não têm dinheiro e não podem comprar prendas de Natal, quando...

"oh mãe...mas o Pai Natal dá prendas a todos os meninos!!" (diogo)

"errrr...pois, filho...mas as prendas de natal são os pais que..." (olho para o pai-vagem, vermelho que nem um tomate, e calo-me)

eu sei que é feio mas estou desejosa que esta coisa do Pai Natal passe para lhes explicar timtim por timtim como, infelizmente, se passam realmente as coisas!

(os meus filhos acreditam que todas as crianças recebem prendas de natal...e eu divido-me entre o enternecida com eles e o zangada comigo mesmo..)

10 comentários:

Roupinhas (quase) novas disse...

Obrigada pela "dica". Vou ver se também nos calha um anjinho, neste Natal. Os anjinhos nunca são demais.

Mocas disse...

não te zangues. dá tempo ao tempo. talvez só tendo a noção do prazer que é fazer parte da magia do natal, poderão os nossos filhos perceber o quão importante será fazer outros menino sentirem o mesmo ...só que isso poderá é não acontecer para já

Cláudia disse...

Eu digo que o Jesus e o Pai Natal são amigos e que ajudam os pais a terem dinheiro, trabalho, para poderem comprar prendas...

Também já lhe disse que há meninos que não recebem prendas, pois os pais não têm dinheiro.
(ela ainda não me perguntou, porque é que o Jesus e o Pai Natal não ajudam todos da mesma forma... ainda não se lembrou dessa... E eu tenho de preparar uma resposta).

Por isso, juntares um anjinho, é bom.. eu junto o Jesus, ao Pai Natal...

A minha filha, nunca foi muito incentiva por nós sobre o Pai Natal...
Honestamente acho que até acabam por apanhar uma desilução quando se apercebem da realidade.

No entanto, como há meninos/as que nesta teoria acreditam...
A miúda está um bocado baralhada.
Vai descobrir por ela, é questão de tempo!

BJS
Bom Domingo

@na disse...

Passei pelo mesmo e lembro-me de ter criado uma embrulhada de tal forma confusa para pôr na história os anjinhos sem estragar o Pai Natal que às tantas já não me lembrava da treta que preguei ao T. Faz parte Inês e eles crescem tão rápido que vai passar mais depressa do que imaginas.

[obrigada por divulgares e colares sorrisos]

Bjos

kombi disse...

O pai natal já nã é o que era, agora é um senhor que vive no mundo do consumismo e do desperdicio, talvez esta crise económica venha alterar em parte a crise de metalidades e valores.

Por aqui nunca existiu o pai natal,que dzer existe aquele velho feio com uma fila enorme dos centros comerciais que as minhas filhas sempre passaram ao lado,por aqui existe o menino Jesus.

sou mto cépita no que toca a campanhas, se queremos ajudar não precisamos destas imposições que mtas vezes não funcionam, só 1 ex, há tempos uma associação de crianças em risco aqui do concelho estava em vias de fechar fizeram campanhas, uma delas na TV, houve donativos, um deles realizado por uma conhecida que levou desde berços, roupa comida, diz que em menos de nada juntaram-se funcionárias e começaram a escolher " esta é para a minha vizinha....esta para aminha sobrinha..." e em menos de nada desapareceu tudo o que ela tnha levado para a instituição que acabou por fechar. É só 1 exemplo de alguns que tenho conhecimento, aquele que me chocou mais.

Mas já agora em via de divulgaçãoe de aqui tao perto, o motoclube do concelho está a pedir brinquedos e roupas de criança.

Lipa disse...

Inês tb pensei nisso e como não me apetece já o que vou explicar à Di é o seguinte: O pai Natal vai a casa dos meninos mas estes meninos vivem em instituições e por isso o pai Natal nao consegue lá ir, por isso ajudamos nós o Pai Natal a dar prendas a estes meninos ;)
Sei que há quem seja contra prolongar esta "mentira" mas eu não vejo mal nenhum nisso.
beijinho

Susana disse...

Eu dou uma no cravo outra na ferradura... ela está super desconfiada e às vezes apetece-me acabar com o mito, mas depois lembro-me das surpresas que eu e o meu irmão tinhamos quando acordávamos de manhã e tinhamos prendas debaixo dos nossos sapatos... e apetece-me perpetuar mais um bocadinho a coisa... deixa-o acreditar mais um bocadinho, também não lhe faz mal nenhum, desde que não seja um exagero para depois apanhar uma desilusão.

Teresa Pinto disse...

é por essas e por outras que cá em casa sabe-se a verdade. e acrecita, amiga, que a magia do Natla é igual ou ainda maior :)

Anónimo disse...

Cá por casa também os meus (5 e 3 anos) sabem a verdade e a magia e o entusiasmo continua.... e é sempre muita a ansiedade pelo mês do Natal.

morgy disse...

Oh inês, o pai natal tenta dar prendas aos meninos todos, ás vezes ele precisa da ajuda de outros meninos que dão ao pai natal os seus brinquedos para dar aos meninos que não têm brinquedos, como vai fazer o meu lá na escola este ano, ou como os teus que vão ajudar o pai natal tratando da prenda dos anjinhos!
Vá, o pai natal existe! Somos todos nós!