quinta-feira, outubro 26, 2006

eles e os brinquedos

ele sabe MUITO bem quais os seus brinquedos e quais os da mana. sempre que apanha um dela diz "mana" e vai-lho entregar ou aos pais. os dele sabe que são do "iogo" (ou "iabo" ou "iobo", depende não sei bem de quê).

tem tudo muita piada menos o facto de os brinquedos dele serem para ELE brincar e os da mana serem para...elES brincarem, claro!

ando a tentar mostrar-lhe que a mana também pode brincar, que não tem que ter tudo para ele mas a verdade é que sempre que ela está a brincar com qualquer coisa ele vai lá, arranca-lhe a coisa da mão e vai à sua vida...

temos luta para meses (anos?)...!

adenda: eu tenho irmãos mas o meu papel aqui não é o de irmã...é o de mãe ;o) (e eu compreendo, claro...tenho é que ir refreando a coisa!) :)

7 comentários:

andreia disse...

acho que para anos! :)

mas que seria dos irmãos sem uma boa luta? :=)

Mar disse...

Ó Inês, tu tens irmãos! Para que e que uma pessoa quer um irmão, se não for para poder brincar, lutar, berrar, bater, abraçar, beijar, tudo no mesmo dia? ;)

ursitazul disse...

ía dizer o mesmo que a Mar. Se não fossem essas "guerras" entre mim e o meu irmão a minha vida não tinha tido metade da piada.

DoCeu disse...

nááá..., isso é só até se habituar(em)!...

Mar disse...

Claro que tens que ir refreando a coisa, principalmente porque ainda são muito pequeninos! Mas a tua experiência de irmã, se foi igual à da maioria das pessoas, deve lembrar-te que guerrear dá gozo, é importante, e que as interferências dos pais, excepto quando a coisa já está mesmo muito mal, valem de pouco... ;)

Sandra disse...

Yep! Temos esse "filme" lá por casa também!

Costinhas disse...

Pois... isso acontece lá por casa (se bem que a Joana não ligue muito aos brinquedos dele, que não foram já dela) e só há uma coisa a fazer... arbitrar a coisa, mas sem grande interferência.

é deixar rolar o jogo, e esperar que não haja muitos cartões vermelhos!

(ie, fazer o mesmo que tu!)