terça-feira, abril 19, 2005

Muda o turno...


hoje o pai-vagem regressou ao trabalho...mas a mãe-vagem não ficou sózinha às aranhas com D. Diogo, não ficou, não!! A Titia-avó mais babada do mundo resolveu oferecer parte das suas férias para vir ajudar esta mãe inexperiente e muito stressada...

e o rapaz tem passado o dia numa calmaria...e eu acho que ele faz de propósito para que nós passemos por mentirosos (ninguém vai acreditar que este nino lindo e "sogadinho" possa estragar os nervos de alguém...)

brigada, titia ;o)

4 comentários:

AnaBond disse...

eheheheh, isso é-me tão familiar.. durante o dia ninguém diz que ele dorme tão mal à noite.

mas olha, tens bom remédio... é ter sempre uma titia-avó ou algo parecido contigo... assim não há nada de nervos nenhuns para estragar... eheheh ;)

Anónimo disse...

Nas primeiras duas semanas de vida da I., a minha mãe veio de longe para nos ajudar.

Sem ela, não sei como teríamos sobrevivido.

Não era a I., eram os almoços, os lanches, os jantares, a roupa, as compras, as idas à farmácia a comprar qq coisinha que tinha ficado esquecida, era tudo.

Nunca me vou esquecer dessa ajuda preciosa, e espero contar com ela tb no próximo. :)

Coragem, mãe. Estás a aprender.

Beijinho,
Xana
http://odiaadia.blogspot.com/

barbarayu disse...

Oi Inês!

É bom ver nascer em ti uma mamã tão dedicada e... humana.
Pois é querida, os nossos piolhitos têm também dias menos bons. E nós, aos poucos vamos aprendendo a sintonizarmo-nos com eles...
É uma questão de tempo e de muita paciência.

Mas diz lá... vale a pena, não vale ;o) ?

Mil beijocas

Bárbara Yu
pirataseprincesas.blogspot.com

Diabinha e Biscoitinha disse...

Compreendo-te perfeitamente. A mim só me valeu o meu marido pois não tive ajuda de ninguém. Eles nascem já cheios de manhas.