quinta-feira, abril 21, 2005

Ode à mama (não, não falta nenhum til...)

As semelhanças entre a barriga de uma grávida e as mamas de uma ex-grávida:

- a barriga de uma grávida não a deixa cortar as unhas dos pés ou calçar-se...as mamas de uma ex-grávida também não!

- a barriga de uma grávida não a deixar dar abraços apertadinhos...as mamas de uma ex-grávida também não!

- a barriga de uma grávida não a deixa dormir decentemente...as mamas de uma ex-grávida também não!

- a barriga de uma grávida pode-se tornar muito incómoda...as mamas de uma ex-grávida também!!

A mama segundo D. Diogo: bem essencial, fonte de toda a paparoca do mundo! se algo semelhante (ou não!) se aproximar dele na hora da papa...zás, o rapaz experimenta!!

A mama segundo a mãe-vagem: hmmmm...no comments!! ;o)

20 comentários:

Anónimo disse...

adorei, mana! um mimo!

xx

Lara disse...

Eheheh, Inês, está muito bem visto!!!
Mas eu ainda prefiro as mamas à barriga de final de tempo!!!

ana disse...

Tu queres dizer que a saga continua????????

... disse...

Podes crer!! Ainda me lembro...não dá para dormir de barriga para baixo...não dá para juntar, cruzar ou fazer outra coisa qualquer com os braços...as camisolas não servem...E as Senhoras Donas Tetas têm personalidade, porque quando o bébé chora, elas "fabricam sozinhas" à revelia da mamã ;). Mas sabes que mais?? Até tenho saudades...se pudesse, agora pegava no meu bébé e dava-lhe teta.

Beijinhos Muitos e Grandes para vocês!!

PS: Essa foto aí de baixo tá um amor. Eu nunca me rendi aos babetes, mas devia porque ele andava sempre todo bolsadito...

Lua Encantada disse...

E como foi? Ele pegou logo bem na mama?
Depois tens que me dar umas dicas, que o meu filhote deve estar quase a nascer... faço hoje 39 semanas...

Beijocas

Cláudia disse...

Complementando:
- a barriga de uma grávida tem um tesouro/uma riqueza enorme lá dentro... as mamas de uma ex-grávida também!
- a barriga de uma grávida mete inveja a muita mulher... as mamas de uma ex-grávida também!
- a barriga de uma grávida não é para qualquer um tocar... as mamas de uma ex-grávida também não!

Gostaste? Espero que sim (só hoje, 5ª, vi o mail, e o hotmail não me deixa responder... assim que conseguir envio-te a resposta)
:o)
Beijinhos mimados.

Lara disse...

Olá, eu sou a Bárbara, mãe de uma pequenina chamada Lara... e sei bem o que dizes... as nossas mamas ficam enormes... nunca me senti tão apertada nas camisolas...
beijinhos... o teu pequenino é muito fofinho...
Bárbara

Anónimo disse...

Linda esta ode à mama...
Subscrevo na íntegra.
Beijinhos Sandy

Filipa disse...

Concordo plenamente, Inês!!!

Filpa

Ana Rute Cavaco disse...

nem me lembres das mamas que eu tinha quando a Maria nasceu e nos meses que se seguiram...eheh

Luna disse...

Olá inês!
Eheh está demais
beijocas
a familia ervilho e bfs
Luna

Sofia disse...

quando é que nos vamos identificar minimamente com aquela que eramos?
Será que alguma vez?

Sofia disse...

quando é que nos vamos identificar minimamente com aquela que eramos?
Será que alguma vez?

ni disse...

eheheheheheheh!!!
Excelente, excelente, excelente!
:o)
Beijinhos e abraços

Caterina disse...

Um must!
Só com 12 semanas e as minhas já aumentaram um tamanho. Hum...
Estou a adorar as fotos do Diogo.
Jinhos.

Rute disse...

Hehehehe

Uma grande verdade, este teu post!

Beijocas de nós os 2 para vocês os 2!

Carla disse...

Eheheheh, está demais! :)) Beijo enorme!

pal disse...

eu embora tenha adorado dar de mamar, foi uma grande desilusão sentir que era tão desconfortável... eu estava tão convencida que ia poder dormir de bruços depois de ela nascer...

eu voltei a "identificar-me com aquilo que era" passados quase dois anos - até fui aos saldos renovar o guarda-roupa! E dois meses depois engravidei outra vez!!!

guida disse...

eheheheheh
nem me falas nisso
felicidades po teu menino

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! » » »