terça-feira, janeiro 02, 2007

ano novo, leite novo

hoje, pela 1ª vez na vida, a sara bebeu um leite que não o meu. como escrevi num post atrás, o meu leite está a dar as últimas e tinha aqui uma lata para qualquer eventualidade. já lho tinha tentado dar uma vez mas ela recusou-o e eu deixei andar. esta manhã, depois dela ter acordado às 4h provavelmente por causa da falta da papa nocturna, resolvi tentar novamente. 180 mls sem pestanejar.

é certo que não vou amamentar a sara até ela completar, pelo menos, um ano como desejava. mas também é certo que a amamentei em exclusivo até aos 6 meses como quis. e o mais importante é que desta vez me recusei a ser teimosa e a negar as evidências de que o meu leite já não a alimenta, como (tão erradamente) fiz com o diogo.

pretendo ainda amamentar a minha filha, pelo menos, mais uma vez. para reter aquele momento. para o guardar só para mim. porque uma fase da minha vida de mãe está a terminar. e eu, por mais que saiba que cumpri a missão, sinto um vazio dentro de mim.

14 comentários:

nuvem cor de rosa disse...

vai custar-me tanto...

um bjnho meu

Mar disse...

Também me está a custar e o meu já nem bebé é... ;)

Anónimo disse...

Oh Inês...ainda hoje sonho c/ tais momentos, tão bons, tão nossos!!!

Amamentei o Gustavo até aos 6 meses dp foi desaparecendo devido ao peso k perdi...cheguei a pesar 46 kg, qdo o meu peso normal é entre os 50/53kg.

No entanto somos umas felizardas pois quem dera a muitas mamãs conseguirem tal proeza!

Bjs e aproveita bem esses ultimos momentos pelo menos para já...nunca se sabe o dia de amanhã!!!

Patrícia+Gustavo (Guga 20 meses)

Inês disse...

Feliz 2007! Que todos os vossos desejos e sonhos se concretizem.

Beijinhos

Ana Costa disse...

tb passei pelo mesmo, o simão mamou esclusivo até aos 6 meses e consegui continuar até aos 13 meses de manha e à noite, ele próprio deixou de crer talvez por eu introduzir o de vaca, não sei se erro meu ou não, mas tb meti na cabeça que o meu já o alimentava pouco. o pediatra disse que foi uma boa prestação da minha parte e que fui a vencedora de todas as mamãs que passaram pela clinica dele (muita baba)hihi e tranquilizou-me tb no sentido de que a mama a partir dos 9 meses deixa de fazer "efeito", embora alimente não pássa para o bebe quaisqueres defezas, torna-se apenas uma faze emocional. certo é que ao fim de 13 meses tb passei por um vazio muito vazio e que durou muito pouco. o ser humano adapta-se a tudo, mas que ficam boas recordações, ficam ... e tb muitas saudades. beijo grande

Anónimo disse...

Não posso deixar de me emocionar com o último parágrafo. é de uma emoção profundíssima ... aproveite bem! Só as Mães que amamentam sabem o que esse acto significa. Não há nada que se compare à grandiosidade de ter um filho e de o criar. Muitos beijos para si.

dianamãe rafael e afonso disse...

é, Inês... custa.
A mim custou.
E foi o meu filho que desistiu, e eu que lutei tanto para lhe dar maminha.
INGRATO!!!

ah ah ah ah

Custa, mas como tudo... passa.
(Acho tão cruel esta frase, grrrrrr)

Os miminhos ajudam a passar a fase pela qual estás a passar!


Jinhos grandes e... toma lá um miminho! apanhaste???

nana disse...

já são duas razões para o terceiro filho... a primeira sendo o nome, claro!

;oP

xX

Ana A. disse...

Olá Inês. Feliz Ano Novo, em primeiro lugar.
Depois, devo dizer-te que o facto de lhe teres dado do teu leite até agora foi óptimo! Olha que nem todas as mães têm o privilégio de ter dado de mamar até onde conseguiste.
Claro que não minora todo o sofrimento e nostalgia do fim da amamentação. Mas não tem de haver um corte. Por que não estimulas a produção? Podes dar-lhe o leite da lata, mas tb podes dar-lhe maminha. Óbvio que não é por alimento físico, mas o leite materno tb "alimenta" emocionalmente.
Desculpa, isto está confuso, mas tb ainda não estou 100% acordada...

Sandra disse...

Inês,

Como te disse a Ana o facto de lhe teres dado outro leite que não o teu não significa que a vais deixar de amamentar.

Eu amamentei o 2º em exclusivo até aos 6 meses, a partir dos 9 comecei a introduzir leite de formula na esoerança de o fazer dormir melhor...Não resultou e ele raramente bebia. Mas existiram algumas vezes que bebia o biberão num ápice, mas na maioria não tocava.

Agora ele tem 15 meses, bebe um biberão (nestlé crescimento) à noite e outro de manhã e ainda mama. Mama até adormecer mesmo depois do biberão, às vezes depois do jantar, por mimo, quando chora, quando está doente, porque isso o acalma e se ele está bem eu estou bem.

Não desistas, mas também não tens porque ficar triste. Deves sim, sentir-te orgulhosa!

Beijinhos

Mãe Cat disse...

Amiga...como te compreendo!
Depois do que passei para lhe dar mama, depois de saber o bom que é e o que ela gosta, sei que me vai custar muito.
E a ginástica que faço para lhe conseguir dar de manhã, agora que voltei a trabalhar! Mas por aqueles momentos, vale a pena, porque sei que um dia vai mesmo acabar e até lá, sei que fiz todos os possíveis para manter aqueles momentos só nossos!

Luna disse...

amiga pelo menos pensa na parte positiva, conseguiste amamentar até agora já vistes que bom foi, eu so tive leite pouco mais de um mês.
bom ano
beijocas doces
Luna

Costinhas disse...

Já te disseram e eu até sei que sabes que é assim. Isso não significa que o teu leite acabe da noite para o dia. Mas aproveita agora esses momentos de amamentar por puro prazer... das duas!

Um beijo!

Sara disse...

Olá Inês! Este assunto é sempre tão polémico..., só uma achega, no caso de quereres continuar a amamentar a Sara, o facto de não sentires a mesma produção de leite não significa que não tenhas, o nosso corpo vai-se adaptando e só produz no momento em que o bebé estimula. as mamas deixam de ficar cheias de leite, o que não significa que deixemos de ter. Passa-se isso comigo. Devo estar a ser confusa. Se for preciso manda-me mail.
Beijinhos,
Sara
( e se deixares de ter leite, este tempo já foi tão bom! que fique isso na memória!)